Entrevista: Karol Ribeiro - Miss Minas Gerais Plus Size 2014

Olá, a entrevista de hoje é com Miss Minas Gerais Plus Size 2014,
a belorizontina Karol Ribeiro.

Foto: Jô Magalhães
Maquiagem: Débora Zivani
1) Qual e a sua idade? E onde mora?
Tenho 23 anos e moro em Belo Horizonte/MG.

2) Como foi a sua preparação para o Miss Plus Size ano passado?
Antes de dizer como foi minha preparação, direi o porquê quis participar
do concurso para poder entender melhor como foi minha preparação rs.
Bom, em Outubro de 2013 estava procurando roupas para comprar na
internet, reparei que tinha o perfil de muitas modelos que observei e pensei
em ser modelo plus size. Para tanto, resolvi procurar se existiam concursos
plus  size. Encontrei o da Impacto Produções e me inscrevi, pois o considerei
sério e respeitado. O que acontece é que no cronograma da Impacto, o
Miss Minas Gerais era dalí há duas semanas, então corri para mandar fazer,
tanto o look casual, quanto a vestido de gala. Como não tinha costume de
usar sapatos de salto, corri comprei cada um adequado aos meus trajes e
também comprei o maiô. Acontece que o concurso foi adiado para Janeiro,
então já estava com os trajes encaminhados e tratei de conhecer mais sobre
o mercado plus size, sobre os deveres de uma miss e como é ser modelo.
plus size nesse meio tempo. Acredito que a procura do profissionalismo
tem que ser grande  para que modelos plus size sejam valorizadas como
merecem.

3)Que dica(s) de beleza você daria paras as candidatas desse ano?
As dicas de beleza que dou são: primeiro se exercitarem, pois temos que
ser saudáveis independente do nosso peso. Não dou essa dica para
incentivarem que emagreçam, falo isso para buscarem uma vida saudável
e mais ativa. Segundo acho importante ter a pele e os cabelos bem cuidados.
Então é sempre bom ficarem atentas em carregar na bolsa protetor solar para
não mancharem a pele, fazerem limpezas de pele quando preciso e hidratar
os cabelos.

4)Acha fácil encontrar roupas para manequins maiores?
Não é tão fácil quanto encontrar roupas de manequins convencionais (digo
os de numeração 38, por exemplo) mas atualmente está mais acessível encontrar
roupas bonitas e joviais plus size. Conheço muitas lojas em BH atualmente,
porém mais pelo fato de eu ter buscado saber devido à carreira de modelo,
e não tanto pela divulgação dessas lojas e marcas para o segmento plus size.
Acho que muito da dificuldade de encontrar roupas plus size em Belo Horizonte,
especificamente, se deve à falta de divulgação de muitas marcas com modelos.
plus size mesmo. Em compensação, hoje temos muita facilidade em encontrar
roupas de numeração maior com as lojas virtuais de roupas plus size.


Foto: 2Bjos
Maquiagem: Ana Elisa Ribeiro

5)Qual é o seu manequim?Já sofreu algum preconceito por ser plus size?
Atualmente visto 50/52 no quadril e 44/46 nacintura. Já sofri preconceito sim,
mas acredito que o auto preconceito foi maior do que sofrer por algo que alguém
fez comigo por causa do meu peso. Claro que já ouvi que tenho o rosto lindo,
como se o restante do meu corpo não existisse, mas acho que isso toda gordinha
já ouviu. Mas acredito que o que mais atrapalha na autoestima é a autocrítica.
Já fui muito criticada com meu corpo, muitas vezes ainda sou, mas aprendi a
gostar mais de mim depois de virar Miss e modelo, portanto hoje sou mais feliz
comigo do que antes de procurar essa aceitação de dentro para fora mesmo.

6) Como foi representar o estado de Minas Gerais no Miss Brasil Plus Size?
Representar Minas Gerais no Miss Brasil foi uma honra enorme. Me senti muito
feliz e com uma grande responsabilidade. Foi uma experiência que mudou muito
minha vida, pois aprendi muito sobre mim e sobre meu potencial, independente
de não ter ganho.

7) Você tem ou teve reconhecimento profissional após o concurso?
Tive um reconhecimento profissional maior sim depois de ter virado Miss, porém
aqui em Belo Horizonte, como já disse, as marcas que confeccionam plus size ainda
são muito conservadoras, portanto faço mais trabalhos em outras cidades do que aqui.

8)O que ser plus size?
Não acho que a definição de "ser plus size" se enquadre de forma correta de se
auto denominar, pois plus size no sentido literal é tamanho maior, mas não me
autodenomino uma pessoa plus size. Não viro e falo para as pessoas: "Ei, eu sou
plus size." Assim como uma mulher magra não irá se autodenominar magra. Somos
todas mulheres entende?! A magra é magra e a gorda é gorda, simples assim. E eu
sou gorda. Agora, quando vou me referir que sou modelo abordo que sou plus size
simplesmente para dizer que represento um nicho de pessoas que vestem numeração
maior. Acho esse "modismo" de se autodenominar plus size uma forma de tentar
maquiar a palavra gorda.

9) O que representou ser Miss Minas Gerais Plus size?
Ser Miss Minas Gerais Plus Size representou mudança na minha vida. Mudança na
autoestima, na autoconfiança, na forma de pensar, de vestir e de lidar comigo e com
todos. Muita coisa muda quando você percebe a influência que tem na melhora da vida
de muitas mulheres. Pois, poder ajudá-las a se aceitarem é a recompensa mais gratificante
que temos.

O concurso de 2015 será realizado no dia 8 de março em Belo Horizonte - MG,
na Casa Bernadi .
Falei do concurso (aqui)

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...